NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

18 de jul de 2010

JEC x OESTE - COMO DIRIA O ZÉGALLO, FALTAM 11

Iniciou hoje a série D, às 16h, na Arena. Era obrigatório vencer em casa. O Zequinha bateu o Operário por um a zero e já largou bem em nossa chave, e enfrentaremos aquele time em seus domínios no primeiro turno. A vitória de hoje nada mais foi do que o cumprimento de um dever; daquelas tarefas difíceis, mas que tem de ser feitas, e o foram. Uma bela arrancada como essa aí acima.
Aos 4', o JEC já havia chegado duas vezes ao gol, quando numa bola de Tesser pra Lima, que fez ótima jogada pela ponta direita, Charles apareceu sozinho para completar a assistência de nosso centroavante. JEC 1x0. Aos 17', o infeliz do Charles, que vive bichado, já puxou a perna e pediu pra sair. Pantico foi pro jogo.
Tudo indicava que o jogo ficaria ao nosso feitio, mas a partir do gol, o primeiro tempo foi todo do Oeste, que não marcava devido a pouca penetração de seu ataque. Aos 46', Tesser enroscou-se (não vi exatamente o que houve) com o atacante do Oeste, e ambos foram expulsos.
Os dois times voltaram com dez, no JEC entrou Eduardo no lugar do improdutivo Lira, que irritava a torcida. Até parece que o Lira era um daqueles que tomaria a barca de saída da Arena, por isso o estranhamento de ele iniciar o jogo. De toda forma,com a atuação de hoje, parece que sua passagem já está comprada e carimbada - talvez permaneça mais um pouco enquanto o pretendido meia de ligação não seja contratado.
O JEC dominou o segundo tempo, fez o segundo gol após chute de Lima, rebatido de forma equivocada para o meio da área pelo goleiro do Oeste, e Pantico, rápido, completou para gol. Pantico, aliás, depois de um primeiro tempo apagado, fez um segundo tempo muito bom, e foi, merecidamente, ao menos na rádio que ouvi, escolhido o melhor em campo.
Aos 22' o Oeste diminuiu. Cobrança de falta da intermediária pela esquerda, Eduardo rebateu bisonhamente, o n. 7 do oeste puxou uma meia bicicleta e alguém escorou pelo meio para descontar. Daí pra frente o JEC se desarticulou, embora tenha ficado com um a mais por bom tempo, até Lima ser expulso de forma infantil aos 43'. É importante ver que o Lima, embora mais uma vez tenha passado em branco, foi decisivo em ambos os gols jequeanos. Cornetar o Lima é jogar contra o próprio time.
Pantico, Chiquinho (que parece ter garantido sua permanência na Arena - pelo menos eu não o dispensaria), Lima e Fernando e Renato Santos estiveram bem. Lira mal, entrou em seu lugar e não fez o que dele se esperava; o resto deu pro gasto. Importante foi vencer - JEC 2x1 Oeste - e assumir liderança pelo número de gols marcados.
Infelizmente, teremos dois importantes desfalques (Tesser e Lima, por expulsão) contra o Operário em Ponta Grossa, e com Charles baleado, muito provavelmente iremos com o ataque a meia-bomba jogando num 4-5-1 sem-vergonha, com Pantico isolado, rezando pelo empate. Não temos um avante de força.
Que venham os reforços no decorrer desta semana. Precisamos qualificar o elenco. AVANTE, JEC!

Ficha técnica: JEC 2 x 1 Oeste - Arena, 18.07.10

Joinville: Fabiano; Rafael Tesser, Renato Santos, Fernando e Chiquinho (Elton); Carlinhos Santos, Luis André, Ricardinho e Lira (Eduardo); Lima e Charles. T: Edinho
Oeste: Luis Henrique; Wilton Goiano, Du Lopes, Fred e William Pomarola (Dias); Dionísio (Cortêz), Leandro (Mirandinha), Dill e Alex Willian; Diego e Marcelo Peabiru. T: João Ricardo, mas parecia o Sadi, da Pop Band.
Gols: Charles, aos 4/1º tempo, Pantico, aos 11/2ºT (Joinville), Fred, 22' do 2° Tempo (Oeste).

2 comentários:

  1. Ouvindo pela radio parecia uma grande pelada...mas vale os três pontos.

    ResponderExcluir
  2. Enderson: foi realmente uma pelada; nossa arrancada para o acesso foi a bordo de carroça, como se vê da imagem que ilustra o post. Mas os três pontos eram indispensáveis, ainda mais que jogaremos as próximas duas fora. Ab.

    ResponderExcluir